Brachiária | Piatã

PiatãDescriçãoAdaptaçãoTolerânciaProduçãoPlantioConsórcioManejo

Lançada pela Embrapa e por parceiros em 2006, a BRS Piatã é uma Brachiariabrizanthadesenvolvida a partir de uma planta que faz parte da coleção de forrageiras da Embrapa e que, originalmente, foi coletada pelo Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT), entre 1984 e1985, na África. O nome Piatã é de origem tupi-guarani e significa fortaleza e a cultivar recebeuesse nome devido às características de robustez e produtividade. É adaptada a solos de média eboa fertilidade das zonas tropicais brasileiras onde, tradicionalmente, outras cultivares deBrachiariabrizantha, como os capins Marandu e Xaraés, são largamente usadas. As qualidadesforrageiras das cultivarforam comprovadas por avaliações realizadas em diversas regiõespecuárias do Brasil Central, mostrando que apresenta comportamento e produtividade semelhanteàs duas cultivares mencionadas, porém com características diferenciadas emdiversos aspectos, o que a torna uma importante alternativa para a diversificação de pastagens. ABRS Piatã é uma boa alternativa para a integração lavoura-pecuária por apresentar fácildessecação e crescimento inicial mais lento que os capins Xaraés e Marandu, além dascaracterísticas favoráveis de manejo, arquitetura deplanta e acúmulo de forragem no períodoseco. Consorcia-se muito bem com stylosanthes Campo Grande e também com milho e sorgo.
Família: Gramínea
Ciclo de vida: Perene
Hábito de crescimento: Cespitoso
Recomendação de uso: Pastoreio Direto, Fenação, iLPF
Exigência de fertilidade: Média/Alto
Precipitação mínima: 700 mm
Atitude máxima: 2.000m
Tolerância à acidez do solo: -
Tolerância à geada: -
Tolerância à seca: Boa
Tolerância à má drenagem: Baixa
Tolerância ao sombreamento: Boa
Cigarrinha-das-pastagens: Tolerante
Cigarrinha-da-cana: Susceptível
*Produção de matéria seca: 9,5t/ha/ano
*Produtividade: 715 kg/ha/ano de peso vivo
*Teor de Proteína Bruta: 10%
*Digestibilidade: 50-60%
*Palatabilidade: Boa

*Variável em função das condições do solo, clima, estágio de desenvolvimento e manejo da forrageira.

Profundidade de Plantio: 2-5cm
Semeadura: 4 kg/ha ótimas condições de plantio
Consórcio: Stylosanthes, Milho, Sorgo e ILPF
Tempo de Formação: 90-120 dias
Primeiro Pastoreio: 90 dias (gado jovem)
Altura do Corte: 85-30 cm (retirar os animais)