Brachiária | Marandu

MaranduDescriçãoAdaptaçãoTolerânciaProduçãoPlantioConsórcioManejo

A cultivar Marandu (Brizanthão, Braquiarão) tem origem da África Tropical, foi liberada comercialmente no Brasil pela Embrapa em 1984. É recomendada para pastejo, controle de erosão, integração lavoura e pecuária.
Família: Gramínea
Ciclo de vida: Perene
Hábito de crescimento: Cespitoso
Recomendação de uso: Pastoreio Direto, Fenação
Exigência de fertilidade: Média
Precipitação mínima: 800 mm
Atitude máxima: 2.000m
Tolerância à acidez do solo: Baixa
Tolerância à geada: Média
Tolerância à seca: Boa
Tolerância à má drenagem: Baixa
Tolerância ao sombreamento: Boa
Cigarrinha-das-pastagens: Susceptível
Cigarrinha-da-cana: Susceptível
*Produção de matéria seca: 10-12 t/ha/ano
*Produtividade: -
*Teor de Proteína Bruta: 9-11%
*Digestibilidade: 51-70%
*Palatabilidade: Boa

*Variável em função das condições do solo, clima, estágio de desenvolvimento e manejo da forrageira.

Profundidade de Plantio: 1-2cm
Semeadura: 4 kg/ha ótimas condições de plantio
Consórcio: Arachispintoi, Puerária, Calopogônio e Java
Tempo de Formação: 90-120 dias
Primeiro Pastoreio: 90 dias
Altura do Corte: 30-40 cm (retirar os animais)