Brachiária | Paiaguás

PaiaguásDescriçãoAdaptaçãoTolerânciaProduçãoPlantioConsórcioManejo

O capim-Paiaguás é mais uma excelente opção de Brachiaria Brizantha para a diversificação de pastagens em solos de média fertilidade nos cerrados. Foi selecionada com base na produtividade, vigor, produção de sementes, e apesar de não apresentar resistência à cigarrinha das pastagens, mostrou ter elevado potencial de produção animal no período seco, com alto teor de folhas e bom valor nutritivo. A grande vantagem da BRS Paiaguás é durante o período seco, quando apresenta maior acumulo de forragem de melhor valor nutritivo, resultando em maiores ganhos de peso por animal e por área. Na média de três anos produziu em ganho de peso vivo por área 45 kg/ha/ano a mais que o capim - BRS Piatã usado como testemunha. Os pastos da BRS Paiaguás apresentaram bom controle de invasoras sob pastejo mais intensivo. Na integração lavoura-pecuária é de fácil utilização com milho safrinha, para produção de forragem de outono-inverno e/ou de palhada para plantio direto. Sua dessecação requer baixas doses de glifosato.
Família: Gramínea
Ciclo de vida: Perene
Hábito de crescimento: Cespitoso
Recomendação de uso: Pastoreio Direto, Fenação, ILPF, Palhada para Plantio Direto
Exigência de fertilidade: Média
Precipitação mínima: 700 mm
Atitude máxima: 1.800m
Tolerância à acidez do solo: Boa
Tolerância à geada: -
Tolerância à seca: Muito Boa
Tolerância à má drenagem: Baixa
Tolerância ao sombreamento: Boa
Cigarrinha-das-pastagens: Tolerável
Cigarrinha-da-cana: Susceptível
*Produção de matéria seca: 8-10 t/ha/ano
*Produtividade: 685 kg/ha/ano de peso vivo
*Teor de Proteína Bruta: 10%
*Digestibilidade: 60%
*Palatabilidade: Boa

*Variável em função das condições do solo, clima, estágio de desenvolvimento e manejo da forrageira.

Profundidade de Plantio: 2cm
Semeadura: 3,5-5 kg/há ótimas condições de plantio
Consórcio: Milho, ILPF
Tempo de Formação: 90-100 dias
Primeiro Pastoreio: 60-70 dias
Altura do Corte: 20 a 40 cm