Panicum | Tamani

TamaniDescriçãoAdaptaçãoTolerânciaProduçãoPlantioConsórcioManejo

A cultivar BRS Tamani é o primeiro híbrido de Panicummaximum da Embrapa, resultado de umcruzamento realizado na Embrapa Gado de Corte em 1992. Apresenta como características porte baixo, com alta produção de folhas de alto valor nutritivo (elevados teores de proteína bruta e digestibilidade), produtividade e vigor, sendo de fácil manejo e resistente às cigarrinhas das pastagens. Sua alta qualidade e adaptação faz com que seja indicada para engorda de gado bovino, principalmente no bioma cerrado, sendo uma opção para diversificação de pastagens em solos bem drenados. Destacou-se também nos biomas Amazônia e Mata Atlântica, mas não é indicada para áreas sujeitas a alagamentos mesmo que temporários por apresentar baixa tolerância ao encharcamento do solo. Em condições de baixas temperaturas, apresenta maior persistência que as cvs. Massai e Tanzânia e semelhante a cv. Mombaça.
Família: Gramínea
Ciclo de vida: Perene
Hábito de crescimento: Cespitoso
Recomendação de uso: Pastoreio Direto
Exigência de fertilidade: Média/Alto
Precipitação mínima: 1.000 mm
Atitude máxima: 1.300m
Tolerância à acidez do solo: Baixa
Tolerância à geada: Baixa
Tolerância à seca: Boa
Tolerância à má drenagem: Baixa
Tolerância ao sombreamento: Baixa
Cigarrinha-das-pastagens: Resistente
Cigarrinha-da-cana: Resistente
*Produção de matéria seca: 12-15 t/ha/ano
*Produtividade: 597 kg/ha/ano de peso vivo
*Teor de Proteína Bruta: 9-15%
*Digestibilidade: -
*Palatabilidade: Boa

*Variável em função das condições do solo, clima, estágio de desenvolvimento e manejo da forrageira.

Profundidade de Plantio: 3cm
Semeadura: 3-4 kg/ha ótimas condições de plantio
Consórcio: Estilosantes
Tempo de Formação: 90-120 dias
Primeiro Pastoreio: 90 dias (gado Jovem)
Altura do Corte: 20-25 cm (retirar os animais)