Panicum Mombaça

O Panicum maximum cv. Mombaça é conhecido mundialmente por sua alta produtividade e qualidade, porém, esse capim é exigente em fertilidade do solo. O manejo mais indicado para essa pastagem é o rotacionado; não é indicado para dias fixos com descanso, mas sim o pastejo e descanso de acordo com a altura da forragem.

É recomendado para solos férteis, ou corrigidos, e exige bom nível de fertilidade para um rápido estabelecimento. A cultivar Mombaça vem ganhando espaço também em sistemas de integração lavoura/pecuária e na pecuária de leite, em substituição ao capim-elefante e o colonião.

Sua principal vantagem é ter alta produtividade, qualidade, sanidade e produtividade animal.

Diferenciais da Semente

O capim Panicum maximum Jacq. é originário da África tropical, próximo a Korogwe na Tanzânia, sendo encontradas formas nativas até à África do sul, em margens florestais, como capim pioneiro ocupando solos recém desmatado, e em pastagens sob sombra rala de árvores.

Foi coletado em 1967, sendo lançado no Brasil em 1993 pela EMBRAPA, no Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Corte. Além de no Brasil, foi avaliado, no México, Cuba e Colômbia.

Essa cultivar é tão exigente quanto às outras cultivares de Panicum maximum, porém, tem apresentado maior eficiência na utilização do fósforo do solo que os demais. O Mombaça tem apresentado maiores produções de matéria seca total e de folhas. Após dois anos, em solo de cerrado adubado e condições de pastejo, apresentou maior produção de matéria seca e teores mais elevados de fósforo nas folhas e maior lotação, quando comparada ao Tobiatã.

A produção do Mombaça é de 33 toneladas de matéria seca/Ha/Ano, com 13,4% de proteína, sendo que 60% ocorre no período chuvoso e 40% no período seco. Quando associado a leguminosas como o amendoim forrageiro, auxilia na melhora da forragem e no desempenho produtivo do rebanho. É uma variedade que aceita ser consorciada com qualquer tipo de leguminosa.

Tem folhas largas, em torno de 3 cm. Folhas eretas, quebrando nas pontas, com pouca pilosidade, sendo os pêlos curtos e duros, sem serosidade.

Os colmos são glabros e sem serosidade, levemente arroxeados. Colmos simples ou ramificados, eretos com até 3,50 cm de altura, cilíndricos, às vezes algo achatados na parte inferior, onde podem chegar a 1 cm de espessura. Tem superfície lisa e glabra, de coloração verde-clara. As raízes são fasciculadas e muito fibrosas.

A semeadura desse capim pode ser feita de três formas: a lanço, por plantadeira ou manual a uma profundidade de 0,5 cm a 1 cm, entre linhas e com compactação da semente. É recomendado para pastejo direto e rotacionado. É mais indicado para caprinos e bovinos em fase de engorda e produção leiteira.

É importante explorar essa cultivar no período chuvoso, onde seu crescimento é intenso e sua qualidade nutricional maior. Apesar de alguns produtores estarem introduzindo o capim Mombaça em equinos, essa variedade deve ser consumida sempre verde, quando a pastagem está madura e passada, visto que os animais tendem a refugá-la, uma vez que seus talos ficam mais grossos e ocorre o envaretamento das plantas e a degradação da pastagem.

Conheça também a linha fosfatada para uso na pecuária. Com a linha fosfatada da Mineirão Sementes, sua produção pode obter excelentes resultados!

Clique aqui e conheça o nosso diferencial de mercado.

Informações Técnicas

Hábito de crescimento Cespitoso
Estolonífera Não
Exigência em fertilidade Média/Alta
Saturação de bases esperada 45% a 50%
Responsividade á adubação Alta
Tolerância à acidez do solo Baixa
Tolerância à seca Média/Alta
Tolerância à frio Média/Alta
Tolerância ao encharcamento Média/Alta
Precipitação (mm) >800
Altitude <2000
Resist. à Cigarrinha das Pastagens Alta
Taxa de semeadura (Kg SPV/HÁ) 3 a 4
Profundidade de semeadura (cm) 2 a 5
Facilidade/Rapidez cobertura/ solo Alta
Produt.MS (ton MS/há/ano) 11 a 26
Proteína bruta (%MS) 8 a 18
Digestibilidade (%MS) 52 a 72
Hospedabilidade – P.brachyuruse P.zeae (em relação ao milho ou soja) Intermediária
Hospedabilidade – M.incógnita,M.Javanica,H.Glycinese, R. Reniformis (em relação a soja) Baixa
Facilidade de consorciamento com gramíneas anuais Desfavorável
Facilidade de consorciamento com leguminosas anuais Desfavorável
Tolerância ao sombreamento Média/Alta
Facilidade de dessecação Baixa

Sementes Mineirão

Atuamos como produtora de sementes de forrageiras tropicais com sede na cidade de Unaí, em Minas Gerais. Nossas atividades deram início em 1995 tendo como parceiro a Embrapa Cerrados.

Contato

Rua Sabará, 153 Bairro Cruzeiro Unaí-MG
Telefone:  (38) 3676-8000

Associado/Parceria

A Mineirão Sementes para Pastagem, sendo uma empresa Associada Ouro da UNIPASTO, tem como objetivo auxiliar na busca da excelência das sementes forrageiras nacionais, trazendo soluções para o combate à pirataria e a multiplicação e comercialização ilegal de cultivares protegidas.

Siga-nos

Como chegar: